8 dicas básicas para fazer alimentos grelhados

8 dicas básicas para fazer alimentos grelhados

1 – Ambiente limpo

Limpe muito bem a superfície em que os alimentos irão ficar antes de ir para a grelha. Não traga a comida da geladeira até que esteja pronto para cozinhar. Mantenha a carne crua cobertas para proteger da poeira, moscas e outros insetos e tenha certeza de ter tábuas diferentes para alimentos crus e cozidos, nunca use a mesma tábua para cortar a carne crua e grelhada. Certifique-se de que a não haja cinzas do último churrasco no fundo churrasqueira para não contaminar os alimentos e finalmente, limpe muito bem as grelhas.

2 – Compra

Essa dica vale tanto para os utensílios, quanto para os alimentos. Facas de qualidade, bem afiadas são fundamentais para preparar qualquer tipo de prato. Tenha sempre travessas, tábuas de plástico e madeira a mão, além de garfos longos e pagadores para manusear a comida na churrasqueira.

Com relação aos alimentos é muito importante saber comprar uma boa carne, frango, linguiça ou peixe para grelhar. No post Como grelhar uma Picanha, nós mostramos um vídeo do Bassi explicando como distinguir uma boa picanha. Se você for novato, procure utilizar alimentos menos nobres, não invete de querer grelhar uma lagosta, pois se passar do ponto, já era! Dinheiro indo pelo ralo. Pratique antes!

3 – O preparo

Os franceses têm uma frase para isso, mise en place, que significa literalmente “tudo em seu lugar”. Se você prepara toda a comida crua ou que não precisa ir a churrasqueira com antecedência e colocá-la fora junto com todo os utensílios que você precisar,  todo o processo de fazer o churrasco acaba sendo muito mais suave. Traga-a apenas quando estiver pronto – você será capaz de passar mais tempo conversando com seus convidados e ser um bom anfitrião.

 

 

 

4 – Grelha pré aquecida

Se você for utilizar carvão na churrasqueira, deixe o fogo pegando de 10 a 15 minutos com a grelha dentro, com isso ela já vai ficar quente e a temperatura da brasa estará no ponto certo. Certifique-se de empurrar as brasas para todos os cantos para que a grelha esteja uniformemente quente. Use um pequeno pedaço de peito de frango como uma peça de teste antes de colocar a cortes nobres na grelha.

 

5 – Tempero

Para alguns tipos de carnes como lombos, é recomendado temperar na noite anterior com limão ou vinagre para quebrar as fibras da carne e ficar mais macia, adicione também outros temperos para dar mais sabor. Uma dica para temperar costela de porco é fazer um molho com vinho, mostarda, maionese, molho inglês, sal, limão e alecrim e deixar marinando por pelo menos 12 horas, o resultado é excelente! Cuidado ao temperar peixes e carnes nobres como picanha, não deixe o tempero muito tempo ou ele irá sugar todo o sabor do alimento.

 

 

6 – Avalie se há excesso de gordura

Quando se trata de grelhar a carne, a gordura é normalmente o sua amiga. Mas se carne tiver muita gordura, vale a pena tirar um pouco, pois se ela cair no carvão, pode gerar grande labaredas de fogo que irão queimar a sua carne, mas isso é somente para casos extremos. JAMAIS tire gordura de uma picanha.

 

 

 

 

 

7 – Lubrifique a grelha

Essa dica é destinada apenas quando for grelhar aliementos mais delicados e que costumar grudar como peixes e frutos do mar. O ideal é colocar um pouco de oléo em um pote e com um pincel passar sobre a grelha, uma outra forma é pegar um guardanapo e untar a grelha com um pouco de manteiga.

 

 

 

 

 

8 – Controle do tempo

O melhor conselho que foi dado para cozinhar sobre a grelha foi o método “60/40″, permitindo que 60% do tempo de cozimento de um lado e depois vira para os 40% restantes. Lembre-se de girar o alimento na grelha para obter marcas de grill hachurada.

Brave Menswear

Uma marca de roupas masculinas feitas para jovens de idade e de espirito!